>>Musicology::

Musica :: Cinema :: Moda :: Everyday Life :: Isto anda tudo ligado

quarta-feira, maio 06, 2009

A “revolução” rock de Lenny Kravitz

Lenny Kravitz actuou esta terça-feira no Pavilhão Atlântico, em Lisboa. Numa só noite tocou e cantou durante mais de duas horas, levou os tugas ao rubro, celebrou vinte anos de carreira, apresentou o novo álbum e cantou em dueto com Mariza.

Acompanhado por uma poderosa e exímia banda, que agora assume mais protagonismo, em detrimento dos longos solos de guitarra que Lenny fazia no passado, e cerca de um ano após um grande concerto no Rock In Rio Lisboa, o norte-americano voltou a pisar um palco luso, desta feita com a digressão “LLR 20(09)”, que tem o duplo propósito de apresentar o álbum “It’s Time For A Love Revolution” e celebrar duas décadas sobre a edição do clássico “Let Love Rule”. ‘Fear’ ‘Freedom Train’, ‘Flower Child’ e ‘Let Love Rule foram os temas desse álbum que Mr Kravitz trouxe na bagagem.

Em 1989 Lenny dizia «it's time to take a stand, brothers and sisters join hands». Vinte anos depois, e em tempo de crise, a mensagem parece continuar a ser para lá de relevante e foi precisamente esse o ambiente que se viveu na sala lisboeta, à conta das sonoridades rock ‘n’ roll, funk, pop e soul. Da primeira à última música a festa foi constante, muito por culpa de clássicos como ‘It Ain't Over 'Til It's Over’ (o primeiro grande momento da noite), ‘Believe’, ‘Always On The Run’, ‘Fly Away’, ‘American Woman’ e ‘I Belong To You’ (dedicada a uma aniversariante que se encontrava na plateia). De “It’s Time For A Love Revolution” destaque para os singles ‘I'll Be Waiting’ e ‘Dancin' Til Dawn’, esta última com direito a um mash up com ‘Another Brick On The Wall’ (Pink Floyd) e ‘Billie Jean’ (Michael Jackson).

Com o primeiro encore chegou um dos momentos mais esperados da noite: o dueto com Mariza. A fadista juntou-se a Lenny Kravitz para cantar ‘Again’, com novos arranjos e uma interpretação única e emocionante, algures entre o funk e a soul, uma prova de que há mais para além do que conhecemos da voz de Mariza. No segundo encore ouviu-se ‘Let Love Rule’ e viveu-se mais um grande momento, com o público a cantar a música a plenos pulmões e Lenny a aroveitar para tirar várias fotos «para publicar no Twitter e Facebook». ‘Are You Gonna Go My Way?” fechou a noite em ritmo acelerado.

Aos 45 anos de idade, Lenny Kravitz continua tão rebelde como o conhecemos. Vinte anos após a sua estreia discográfica continua a ser um guitarrista brilhante e a espalhar verdadeiras “revoluções” rock ‘n’ roll, sempre com muito “love” à mistura.

in MTV.pt

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial